Engajamento com o cliente

O video marketing está virando o jogo – veja por quê

Por Liz Roche, Soluções de Engajamento de Clientes em Marketing de Produtos, Pitney Bowes

No final do ano passado, estimamos que uma das maiores tendências que definiria o envolvimento do cliente em 2016 seria o video marketing. Para as empresas que já adotaram essa estratégia como pilar do envolvimento do cliente, isso já deve estar se concretizando. Aqueles que ainda estão em cima do muro sobre a implementação de vídeo devem ficar de olho nessa previsão.

Mas, como já estamos nos aproximando da metade do ano (você acredita que já estamos quase na metade de 2016?), fizemos questão de repassar essa previsão, demonstrar aos céticos alguns números que comprovam por que o video marketing é o negócio do momento e mostrar como ele tende a virar o jogo no envolvimento do cliente – neste ano e nos próximos.

O valor do vídeo

Não é só teoria: o video marketing agrega valor financeiro comprovado ao seu fluxo de receita. A verdade é que os profissionais de marketing que utilizam vídeos percebem um aumento de receita que supera em 63 por cento aqueles que não o fazem. Como? Fazendo dela uma experiência interativa e personalizada.

Assim como um vendedor que recepciona os clientes quando eles entram na loja e os ajuda a encontrar o que procuram pode gerar aumento de vendas e de satisfação do cliente, tornar um vídeo interativo personalizado parte importante das suas iniciativas de marketing é essencial para gerar envolvimento. É algo que coloca os clientes no comando de suas compras, pois eles decidem o que querem ver no vídeo e quando, em vez de serem incomodados com mensagens genéricas ou anúncios do YouTube que já viram inúmeras vezes.

A verdade é que isso realmente funciona. Fazer os clientes assistirem a um vídeo pode ser complicado, mas quando é personalizado com suas vontades e necessidades, mais da metade (55 por cento) presta atenção, muito acima da média do setor. Além disso, uma surpreendente constatação de 76 por cento de clientes participa de um vídeo interativo personalizado por, pelo menos, quatro minutos – benefício que se prolonga, não só por aprimorar o envolvimento geral, mas também por deixar os clientes satisfeitos e mais propensos a se fidelizar à marca.

O video marketing é o futuro, mas não basta publicar clipes em um canal do YouTube e esperar retorno. Com o vídeo interativo personalizado, os clientes acessam seu site e escolhem o conteúdo que querem ver, transformando mensagens complexas em informações simples e relevantes e demonstrando que você sabe quem são eles, o que querem e por que você é uma marca que atende a suas necessidades. 

Para saber mais sobre o conjunto de vídeos interativos personalizados da Pitney Bowes, EngageOne Video, e por que ele precisa fazer parte da sua plataforma de marketing em 2016 e além, leia nosso whitepaper “The Four Myths of Video Marketing” (Os quatro mitos do video marketing). 

Você também pode se interessar por

Mídia interativa personalizada e o futuro do envolvimento do cliente

Veja como o vídeo interativo personalizado da Pitney Bowes pode tornar sua estratégia de envolvimento do cliente muito mais valiosa e eficiente.

Saiba mais